SCORPIONS - SÃO PAULO - 01 SET 2016 - APRESENTAÇÃO IMPECÁVEL!!!

September 2, 2016

No ano de 2008, a banda Scorpions anunciou a sua tour de despedida, a qual iria passar pelo Brasil. Meu grande amigo rockeiro, Marcelo Lopes, me convenceu a ir ao show, afinal de contas, seria a última oportunidade de ver um dos maiores nomes do rock mundial.

 

Pois é... Eu acreditei que os caras iam se aposentar mesmo e nem pestanejei em comprar o ingresso... Não poderia perder este espetáculo.

 

Entretanto, de lá para cá, já perdi a conta de quantas foram as turnês de despedida do Scorpions... Quase todo o ano os caras tem aportado por estas bandas e não dão a menor pinta de que pretendem parar... Bom... Sorte nossa!!!

 

E em 2016, mais uma turnê mundial, também passando pelo Brasil. Confesso que não pensei em conferir o show. Já os tinha assistido em 2008 e, cá prá nós, aquela apresentação nem foi tão boa assim.

 

Mas a sorte estava do meu lado e acabei sendo agraciado por outro grande amigo rockeiro, Kleber Belloni, que me ofereceu "na faixa" uma entrada para a Pista Premium do Citibank Hall... Aí não dá nem para pensar em recusar, não é verdade?

 

Confesso que fui ao show de ontem (1º de setembro) sem grandes expectativas. Sabia que seria um bom show, mas nada que me surpreendesse. Porém, caríssimos amigos, eu estava redondamente enganado. O que se viu e ouviu no Citibank Hall ontem foi uma das melhores apresentações do rock mundial. Como ressaltei no título desta postagem, o Scorpions fez um show impecável.

 

A começar pelo palco belíssimo, onde a bateria ficou em destaque, bem no alto (e não poderia deixar de ser assim, afinal, quem empunhava as baquetas era um dos grandes nomes do instrumento da atualidade). Outro destaque eram os efeitos visuais, os quais proporcionaram uma puta viagem legal para o público.

 

O setlist foi fenomenal e abordou tanto os grandes blockbusters da banda quanto outras canções menos badaladas; músicas de vários trabalhos foram contempladas, o que fez com que a galera viajasse no tempo junto com a banda. Foram quase duas horas de um hard rock vigoroso e energético, o qual foi amplificado pelo poder de fogo de um dos maiores bateristas do mundo da atualidade, o sueco de ascendência grega Micael Kiriakos Delaoglou, que é bem mais conhecido pela alcunha de Mikkey Dee - o fenomenal baterista do Motöhead.

 

Mikkey Dee foi convidado para assumir o posto de James Kottak, o qual deu um tempo na banda para se dedicar a um tratamento médico e também à sua família. Bem... Para mim, um ardoroso fã do Motörhead, a escolha não poderia ter sido melhor.

 

Logo na primeira música ficou notório que a pegada do show estava mais forte e que as músicas estavam sendo performadas com um vigor extremamente alucinante. Com certeza, Mikkey Dee foi o responsável por esta excelente mudança. Logicamente, não estou aqui desmerecendo nem James Kottak e muito menos os demais membros do Scorpions. Entretanto, não dá para negar que as músicas ficaram muito mais encorpadas.

 

Deixando de lado a performance do grande baterista, os demais integrantes também deram o seu melhor. Klaus Meine está cantando muito e nem de longe demonstra que tem quase 70 anos de idade; um verdadeiro monstro quando se fala em grandes vocalistas do rock de todos os tempos. Os guitarristas Rudolf Schenker e Matthias Jabs alternaram performances avassaladoras e levaram o público à loucura com seus riffs e solos. E o excelente baixista polonês Pawel Maciwoda deu conta brilhantemente da cozinha, juntamente com Mikkey Dee.

 

Houve momentos românticos e melosos, como era de se esperar numa apresentação do Scorpions, onde as moçoilas rockeiras, presentes em grande número no Citibank Hall, fizeram sua parte e acompanharam Meine com muito carinho, propiciando um belo espetáculo para aqueles que estavam no palco. Mas a casa de shows veio quase abaixo mesmo quando os músicos tocaram as peças musicais mais rápidas e pesadas, tais quais "Rock N' Roll Band", "Dynamite", "Blackout" e "Big City Nights", entre tantas outras.

 

E então, depois de uma hora e meia de grandes petardos e baladas, entremeados pela tradicional paradinha sugerindo o fim do show, veio o inevitável e "phodástico" bis, com a apresentação dos maiores sucessos da banda, a balada "Still Loving You" e a poderosa "Rock You Like a Hurricane".

 

 

E assim terminou a primeira apresentação do Scorpions em São Paulo, com os caras da banda bem pertinho do palco, sentindo-se agraciados com toda a energia do público que, certamente, não queria que o show tivesse acabado. Foi realmente um espetáculo inesquecível.

 

Confira a seguir o setlist do show:

 

1) Going Out With a Bang

2) Make It Real

3) The Zoo

4) Coast to Coast

5) Top of the Bill / Steamrock Fever / Speedy's Coming / Catch Your Train

6) We Built This House

7) Delicate Dance

8) Always Somewhere / Eye of the Storm / Send Me an Angel

9) Wind of Change

10) Rock 'n' Roll Band

11) Dynamite

12) In the Line of Fire

13) Drum Solo

14) Blackout

15) No One Like You

16) Big City Nights

 

Bis:

17) Still Loving You

18) Rock You Like a Hurricane

 

 

Forte abraço a todos e até a próxima.

 

Betão Star Trips

 

 

Please reload

Featured Posts

BANDA INGLESA "JAMES" FAZ SHOW SENSACIONAL NA TORRE DE BELÉM

September 9, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive