PRESTES A COMPLETAR 70 ANOS, OZZY OSBOURNE CONTINUA A ENCANTAR A MULTIDÃO

May 14, 2018

 

Há vários meses, quando fiquei sabendo que Ozzy iria passar pelo Brasil com sua turnê de despedida, fiquei eufórico e triste ao mesmo tempo. Eufórico por ter a oportunidade de poder assistir a mais um fenomenal espetáculo do mestre das trevas da música mundial; e triste pela constatação de que um dos meus heróis do rock está prestes a encerrar sua carreira no tocante aos grandes shows. Daqui para frente, ver Ozzy num palco começará a rarear.

 

Noutro momento, desta feita no dia da abertura de vendas dos ingressos, em função dos preços notoriamente salgados e de minha condição financeira não muito confortável, tive sérias dúvidas sobre comprar ou não um dos ingressos que estavam sendo disponibilizados ao público.

 

Afinal de contas, eu já tinha visto shows do Ozzy anteriormente (tanto em carreira solo quanto com o Sabbath) e pensei que poderia direcionar a verba deste show para outros que também estavam no meu radar.

 

Mas então pensei comigo mesmo "Porra! O vocalista da minha banda de cabeceira... Aquela banda cujo primeiro vinil comprado na vida foi o dela... O sujeito está prestes a se aposentar... Dificilmente terei outra oportunidade como esta... Foda-se... Vou comprar o ingresso e se não der para ir em outros shows, paciência..."

 

Neste último dia 13 de maio, por volta das 21:30, quando as luzes do Allianz Parque se apagaram e o show começou... Ah meus amigos... Nesta exata hora eu me lembrei da minha dúvida sobre comprar ou não o ingresso e fiquei deveras aliviado de ter tomado a decisão correta.

 

Eu estava ali, a "quilômetros" do mestre, na distante arquibancada superior, mal vendo seu rosto pelo telão. Mas a satisfação de poder ouvir sua voz e presenciar seu caminhar já um tanto trôpego, porém, legítimo, foi ímpar. Não chorei... Mas por certo que me emocionei bastante.

 

Ozzy Osbourne é certamente um dos maiores e mais carismáticos mestres de cerimônia que este mundo já viu. Um sujeito predestinado ao sucesso, que no auge de sua adolescência acreditava que não servia para nada (segundo ele próprio, nem para ser ladrão ele tinha jeito). Um cara que foi decisivo para a formação da maior banda de heavy metal do planeta. Um sujeito determinado a viver sua vida da forma mais louca possível. Um homem que venceu (ou talvez ainda esteja vivenciando o processo de vencer) seus vícios e seus demônios. Um verdadeiro "Wolverine" imune ao álcool, à maconha, à cocaína e tantos e tantos tipos de barbitúricos que se tem conhecimento em nosso mundo. Por fim, um verdadeiro Midas quando o tema é "descobrir talentos"... Vejam quantos músicos maravilhosos ele trouxe consigo em sua loucura, transformando-os em mestres da guitarra, do baixo, dos teclados e da bateria.

 

E após quase setenta anos de loucuras e excessos, este homem ainda consegue subir num palco, em frente a dezenas de milhares de fãs enlouquecidos, e reger sua orquestra com a mesma energia que tinha no começo da carreira.

 

Este, na minha humilde opinião, é Ozzy Osbourne!

 

Não vou escrever aqui detalhes do show. Só o que quero dizer é que foi tudo perfeito e maravilhoso. O cara, por incrível que possa parecer, ainda está cantando bem. E montou um time de primeira linha para acompanhá-lo, fazendo do espetáculo algo realmente impressionante.

 

Logicamente, temos que dar os devidos destaques para Zakk Wylde e Tommy Clufetos. Todavia, Adam Wakeman e Rob “Blasko” Nicholson também seguraram a onda de forma espetacular.

 

O setlist foi bom. Logicamente, levando-se em conta a carreira que Ozzy tem e as tantas opções disponíveis, muita música boa ficou de fora. 

 

 

Durante o show, fiz alguns registros em vídeo com o meu celular. Quanto à qualidade de som e principalmente de imagem, todos já sabem que não devem esperar grande coisa. Entretanto, o objetivo das filmagens foi o de tentar eternizar a energia e a "vibe" do momento. Assim sendo, neste sentido, os vídeos ficaram maravilhosos.

 

 

ABERTURA DO SHOW - BARK AT THE MOON

 

MEIO DO SHOW - NO MORE TEARS (ponto mais alto do espetáculo - créditos para os berros "ROCK N' ROLL" vão para o meu brother Anselmo de Oliveira)

 

PEQUENO TRECHO DE MAMA I'M COMING HOME

 

Espero que eu tenha conseguido passar a todos os que leram este texto e que assistiram aos vídeos, pelo menos um pouco da emoção que foi estar neste show de Ozzy Osbourne.

 

Forte abraço a todos e até a próxima.

 

Betão Star Trips.

 

Please reload

Featured Posts

BANDA INGLESA "JAMES" FAZ SHOW SENSACIONAL NA TORRE DE BELÉM

September 9, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive